Grupo Folclórico Sênior: como surgiu?

31/07/2020

No ano de 2009, a Fundação Cultural Suábio Brasileira recebeu um convite especial para participar do Festival de Dança da Terceira Idade de Guarapuava. Na época não tinha nenhum grupo de danças desta faixa etária, sendo que reuniram esforços para preparar um grupo de pessoas e atender o convite da prefeitura de Guarapuava.

Clara Fassbinder fez uma enquete e convidou os participantes da “Frohe Altenrunde” para integrar um grupo de dançarinos, assim como convidou a professora Isabela Brandtner para fazer parte deste projeto.

Para a nossa surpresa, mais de 30 pessoas se interessaram e aceitaram o desafio pelo projeto. Iniciamos os ensaios em junho de 2009, preparando 2 danças que foram apresentadas no Festival. O projeto foi um sucesso, o Festival aconteceu em setembro e o grupo foi agraciado com o 1º lugar no estilo Dança Folclórica. Importante lembrar que um aspecto que chamou bastante atenção do público e jurados foi o acompanhamento de música ao vivo. Desde o princípio, o professor Antônio Schneiders aceitou o desafio, participando ativamente com o seu grupo de músicos, assim como o Sr. Michael Jungert, tocando o seu acordeon. A integrante do grupo, Stefanie Toninger, ressalta: “Ficamos orgulhosos em participar do Festival em Guarapuava e, mesmo inseguros, conquistamos o 1º lugar. Isto foi show.”

Após esta grande conquista, ficou a pergunta: “Por que não temos um Grupo Folclórico Sênior?”

O mais interessante é que esta pergunta surgiu em conversa com os nossos pioneiros que participaram do projeto. A participação inesperada em um evento tão grande, com muitas pessoas de outras cidades e estados, motivou os dançarinos de uma forma excepcional. Assim, em 2010, “nasceu” o Grupo Folclórico Sênior” da Fundação Cultural Suábio-Brasileira.

Desde então, o grupo participou de vários eventos, dentre eles em Balneário Camboriú e Piratuba, em Santa Catarina. Cada ano que passava, o grupo ficava mais coeso, determinado e participativo. Por volta de 2014, foi tomada a decisão de não participar mais de competições, pois o maior propósito do grupo era e é, cultivar e preservar a cultura do povo Suábio, como também prestigiar os nossos pioneiros. As viagens e visitas a vários lugares diferentes, como Imigrante/RS, Pato Bragado/PR, Rolândia/PR, Castrolanda/PR, dentre tantos outros continuaram. Em todos os lugares que o grupo vai, planta uma sementinha de preservação da cultura e, com certeza, conquista muitas amizades.

Este ano, 2020, o Grupo Folclórico Sênior completa 10 anos de existência, com 28 integrantes muito dedicados e felizes em fazer parte do grupo. Theresia Brandtner, Olga Michels e Anna Gärtner, entre outros, destacam: “Estamos felizes e orgulhosos de fazer parte da Tanzgruppe.” A professora Isabela salienta: “Sou feliz por ter a oportunidade de trabalhar com este grupo, por manter os participantes ativos, por estar perto deles. Cada aula é uma injeção de ânimo, ternura, troca de experiências, amor.”

Neste momento o grupo está sem ensaios, cada um nas suas casas, mas esperando avidamente pelo retorno. Ainda temos muito a desenvolver e conquistar. O objetivo continua, preservar a cultura e nossas raízes, dar oportunidades aos pioneiros e demais pessoas da terceira idade, alcançar a nossa visão: “Ser uma instituição reconhecida pela excelência na valorização e preservação da memória suábia integrada à cultura brasileira e pela produção, difusão e democratização cultural e educativa.”


Outras notícias

Dia da Imigração Alemã no Brasil
Conforme decreto federal, celebra-se no dia 25 de julho o “Dia do Colono”. Ernesto Geisel, ex-presidente do Brasil, cujos avós eram imigrantes alemães,...
A história do teatro em Entre Rios
A arte de representar sempre esteve presente nas raízes dos Suábios do Danúbio. Na Antiga Pátria, no sudeste europeu, já existiam associações teatrais...
O médico suábio Semmelweis
Ignaz Philipp Semmelweis nasceu há 202 anos atrás, em 1º de julho de 1818, na cidade de Buda, parte da atual Budapeste, na Hungria. No Brasil, o hospital...

Parceiros:

Realização:

bandeira nacional brasileira

Localização
Avenida Michael Moor, 1951 – Colônia Vitória, Entre Rios,
CEP 85139-400 Guarapuava – PR.
Telefone
++55 (42) 3625 8326 - Marlene Zimmermann Lehmann
++55 (42) 3625 8320 - Josiane Richter (Coordenadora)
E-mail: jrichter@agraria.com.br
Horário
Horário de funcionamento da Fundação Cultural Suábio-Brasileira:
Segunda à sexta-feira: 8h às 17:30h
(intervalo das 12h às 13h).
Horário
Horário de funcionamento do
Museu Histórico de Entre Rios: 
Segunda à sexta-feira: 8h às 17h
(intervalo das 12h às 13h) e
sábados, das 13h às 17h.
Telefone: ++55 (42) 3625 8328 /
e-mail: museu@agraria.com.br
© 2014 - Fundação Cultural Suábio-Brasileira - Produzido por BRSIS